Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Plano Hapvida e Hospital Guarás descumprem decisão da justiça e criança de 2 anos corre risco de morte

Publicado em: 23 de fevereiro de 2018 | por: admin

A Defensoria Pública do Estado (DPE-MA) informou que foi apresentado, no início da tarde de ontem (22), petição informando o descumprimento de uma liminar em favor da criança Ada Valentina Santos Caldas para que fosse realizada cirurgia em caráter de urgência.

De acordo com a DPE-MA, Ada Valentina, de 2 anos e 11 meses, possui epilepsia refratária e necessita ser submetida a uma cirurgia com urgência, mas o plano de saúde se nega a realizar o procedimento mesmo com uma determinação proferida pela Justiça.

Após crises convulsivas severas, a menina foi internada no dia 13 deste mês. Em coma induzido, a paciente precisa realizar procedimento para implante de estimulador do nervo vago – um marca-passo – com urgência. No entanto, isso ainda não aconteceu, conforme a Defensoria.

Diante disso, a Justiça proferiu nova decisão determinando a condução dos diretores ou representantes legais do plano Hapvida e Hospital Guarás à delegacia especializada para providências cabíveis.

A decisão prevê ainda o bloqueio nas contas dos referidos no processo no valor de R$ 175.059, que deverão ser encaminhados à representante legal da criança para aquisição de estimulador do nervo vago – marca-passo, que será implantado.

Processo

Segundo a Defensoria Pública, foi ingressada uma ação na Justiça no dia 20/02 no qual a juíza da 1ª Vara de Infância e Juventude concedeu liminar em favor da criança e determinando a realização da cirurgia no prazo de 24 horas.

Porém, a decisão não havia sido cumprida ao final do prazo concedido. Por isso foi ajuizado nova petição comunicando o descumprimento da decisão. O plano entrou com recurso contra a decisão, mas não conseguiu suspendê-la e continua obrigado a realizar o procedimento.

Ainda de acordo com o defensor, o hospital alega que Ada Valentina precisa ser transferida para Fortaleza (CE) para ser submetida à cirurgia. Para isso, seria necessário aguardar que o quadro de saúde da criança se atenue.

“O plano chegou a dizer que a criança não estava estável para a cirurgia. No entanto, sugeriu que a cirurgia fosse feita em Fortaleza. Isso é uma grande contradição. Se a criança não pode fazer a cirurgia em São Luís, como ela poderá ser deslocada até Fortaleza?”, pontuou.

“Estão matando minha filha”, diz mãe sobre negligência do Hospital Guarás

Publicado em: 23 de fevereiro de 2018 | por: admin

Uma mãe enfrenta uma verdadeira batalha pela vida da filha em São Luís. A criança de 2 anos e 11 meses está internada na UTI do Hospital Guarás desde o último dia 13 de fevereiro, com quadro de saúde considerado gravíssimo.

A pequena Ada Valentina tem crises convulsivas severas e necessita de uma cirurgia para implante de um aparelho que previne as irregularidades elétricas que causam as crises.

Segundo Ana Paula Mota, 32 anos, mãe da menina, a unidade de saúde está negligenciando o atendimento colocando em risco a vida de sua filha. “Minha filha precisa de uma cirurgia de urgência e o plano da Hapvida não se mobiliza. Minha filha corre risco de vida e consegui uma liminar da Justiça para que ela fosse operada, mas o plano ainda assim se recusa. Estão matando a minha filha”, lamentou.

O hospital alega que a criança precisa ser transferida para Fortaleza (CE) para ser operada, mas só depois que o quadro de saúde dela atenuar. Mas, tempo é o que a criança não tem. A cada crise convulsiva aumenta o drama da família.

A família apresentou laudos que mostram que a paciente não tem condições de ser submetida a uma remoção aérea e que a cirurgia precisa ser feita em caráter de urgência. “Essa cirurgia pode ser feita aqui em São Luís. O neurocirurgião garantiu que a minha filha não tem necessidade de viajar, mas ainda assim o hospital negligencia e brinca com a vida da minha bebê”, disse Ana Paula desesperada.

A cirurgia que a pequena Ada Valentina necessita é rápida e simples. Geralmente é realizada sob anestesia geral que pode requerer uma curta estadia no hospital. Após a cirurgia, além das duas pequenas cicatrizes devido às incisões, quase não se pode notar.

 

Do blod Michel Sena 

‘Todos por São Luís’ mobiliza moradores da Cidade Olímpica e incentiva empreendedorismo

Publicado em: 23 de fevereiro de 2018 | por: admin

O programa ‘Todos por São Luís’ tem a culminância da 57ª edição neste sábado (24), a partir das 8h, na Cidade Olímpica com realização de diversas atividades e atendimento ao público por órgãos da estrutura da Prefeitura São Luís. Durante esta semana oficinas foram oferecidas para as populações da Cidade Olímpica e bairros vizinhos que serão contemplados indiretamente pelo programa, coordenado pela primeira-dama Camila Holanda.

Em todas as edições o programa leva às comunidades sua caravana itinerante de serviços essenciais à população. Entre as atividades, o poder público municipal oferece através do programa oficinas e cursos diversos, palestras educativas, consultas médicas, imunização, atendimento nutricional, atividades culturais, recreativas, esportivas, artísticas, entre outras.

Será a segunda vez que a Cidade Olímpica recebe o programa institucional da Prefeitura de São Luís que aproxima os serviços essenciais do poder público das populações e oferece um leque de oportunidades de formação profissional para empreendedores, por meio de oficinas, cursos e palestras. A grade de capacitações é desenhada a partir das demandas apresentadas pelas entidades como associações e centros comunitários. “O Todos por São Luís se destaca por levar para as comunidades uma gama de serviços nas mais diversas áreas e por aproximar o poder público da comunidade e, dessa forma, atender melhor as demandas e os anseios da população”, enfatizou Camila Holanda.

As sugestões de oficinas são apresentadas pelas comunidades contempladas nas semanas que antecedem a realização do programa no local. Fechada a programação, as entidades se responsabilizam pela inscrição e mobilização dos participantes das capacitações, todas sem custo nenhum para o participante. Além do material utilizado, a Prefeitura disponibiliza profissionais para ministrarem as aulas, conforme programação previamente aprovada em reuniões abertas.

PARTICIPAÇÃO 

Nesta semana, na Associação dos Moradores da Cidade Olímpica, onde será centralizada a maioria das atividades na conclusão de mais esta etapa do ‘Todos por São Luís’, 65 pessoas participaram de três oficinas de pano de prato, doces, informática e doces e salgados. Esta última foi concluída nesta quinta-feira (22) com participação de mais de 30 pessoas.

Entre segunda e quinta-feira, jovens e pessoas da terceira idade estiveram participando, no mesmo local, da oficina ministrada na associação de moradores do bairro por técnicos da Secretaria Municipal de Informação e Tecnologia (Semit). “Nesta segunda vez que recebemos o programa ‘Todos por São Luís’, o público está muito mais interessado. A informática era uma das grandes demandas que tivemos atendidas”, destaca a presidente da Associação de Moradores da Cidade Olímpica, Quênia Pinheiro.

Além de atender às novas demandas, as oficinas do ‘Todos por São Luís’ gera expectativas entre as donas de casas que buscam alguma renda extra. Um exemplo é a de comidas típicas maranhenses, promovida pelas técnicas Letícia Bogéa e Valéria Nascimento, da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), na qual as participantes vislumbram a possibilidade de ampliar o horizonte de negócios durante o período junino.

“Recebemos 27 inscrições, sendo que quase a totalidade eram mulheres que estão se preparando para ocupar seus espaços com garantia de lucro nos arraias da comunidade durante o período junino”, adianta Wellington Batalha, presidente da Associação de Moradores do bairro José Reinaldo Tavares, região da Cidade Olímpica, que também será atendido pelo programa.

Segundo Batalha, algumas das participantes das oficinas montam seus próprios negócios em frente às suas casas, garantindo alguma renda extra para a família. Assim, o programa cumpre uma de suas propostas, que é a de dar às pessoas uma oportunidade de ganho financeiro e qualidade de vida.

MOBILIZAÇÃO

Pela segunda vez, a líder comunitária Tatiana Lopes atua como mobilizadora das comunidades da região da Cidade Olímpica para garantir participação nas oficinas. Moradora do bairro há 10 anos, Tatiana acredita que o programa tem contribuído para transformar a realidade de muitas pessoas, principalmente da população feminina. “Estamos concluindo a oficina de panificação. Esta será a mais concorrida. Mas antes disso oferecemos as de origami, de bombons caseiros e outras”, explica.

Como voluntária, Tatiana Lopes busca locais apropriados para atender a população de maneira adequada. Para isso conta com colaboração das associações de moradores, igrejas, escolas da rede municipal e estadual. “Acho que é um aprendizado para todos. As pessoas têm perspectivas de ganho e transformação das suas vidas. As oficinas de bombons caseiros, por exemplo, será uma preparação para que as pessoas tenham chance de ganhar uma renda extra durante a Páscoa”, pontua a líder comunitária.

 

Vice-governador do Maranhão oficializa filiação ao PRB neste sábado (24)

Publicado em: 23 de fevereiro de 2018 | por: admin

O PRB realizará neste sábado (24) a filiação do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão. A Executiva Estadual do partido está preparando um grande evento para recepcionar o novo republicano. O evento acontece no Rio Poty Hotel, a partir das 14h, e contará com a participação de lideranças políticas, deputados, prefeitos, vices-prefeitos e vereadores de vários municípios e da capital maranhense.

O deputado federal e presidente do PRB Maranhão, Cleber Verde, afirma que o partido está em festa com a filiação do vice-governador e reforça o compromisso dos republicanos de continuar trabalhando pelo estado. “O vice-governador representa a boa política, a que já fazemos no dia a dia, e que vamos fazer muito mais com a chegada do Carlos Brandão”, declarou.

Cleber Verde deixa claro que a meta do partido para 2018 é garantir a vitória do projeto político que tem feito muito pelo povo maranhense. “Vamos trabalhar para eleger o governador Flávio Dino e o vice, Carlos Brandão, para mais quatros anos de progresso para o Maranhão. Além de eleger nossos senadores e aumentar nossa bancada na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados”, explicou.

O presidente estadual do partido afirmou ainda que a partir da filiação do vice-governador, vários prefeitos já confirmaram a entrada no PRB e que o diálogo contínua com as lideranças políticas do estado para ampliar, ainda mais, a força do partido nas eleições deste ano.

Delegado Thiago Bardal é exonerado da Seic

Publicado em: 23 de fevereiro de 2018 | por: admin

Delegado Tiago Bardal afirmou que a operação só vai acabar quando todos os assaltantes forem presos. Foto: Divulgação

O secretário estadual de Segurança Pública, Jefferson Portela, anunciou na tarde desta quinta-feira (22), durante coletiva de imprensa, que o delegado Tiago Bardal, que era titular da Superintendência Especial de Investigações Criminais (Seic), foi exonerado do cargo, suspeito de integrar uma grande organização criminosa atuante no Estado do Maranhão.

Segundo Portela, na noite dessa quarta-feira (21), a polícia foi até o Quebra Pote para investigar a prática de atos ilícitos em um sítio, pois havia informações de que chegaria no local uma carga ilegal de whisky e cigarros. Durante a ação, os PMs abordaram o delegado Thiago Bardal que estava transitando na área dentro de um veículo.

No momento da abordagem, Bardal se identificou como delegado e disse que estava com um advogado dentro do veículo e que iria para o sítio fazer uma operação e compra e venda. Foi quando a polícia constatou que o delegado integrava a organização criminosa investigada, que era responsável por desviar cargas e armamentos. Segundo Portela, Thiago Bardal seria um dos líderes da organização, que o secretário classificou como “perigosíssima”.

“É uma perigosíssima organização criminosa formada por policias e não policiais. Então, o dever do sistema de segurança é tirar de circulação essas pessoas e os objetos ilícitos que iriam alimentar uma cadeia criminosa, com um lucro objetivado de mais de R$ 2 milhões com a venda de objetos ilícitos. Portanto, o potencial financeiro e bélico dessa organização nos permite afirmar que estamos diante da maior organização criminosa surgida, nesses últimos 20 anos, no Estado do Maranhão”, afirmou o secretário Jefferson Portela.

O secretário da SSP informou que no sítio onde o grupo operava há um porto privado onde era realizado o desembarque de produtos ilícitos, sendo que dentro do sítio foram encontradas duas carretas. “No momento da operação, durante a madrugada, várias pessoas empreenderam fuga pelo matagal. E como houve uma traição ao trabalho de policiamento, pois alguém ligou avisando a chegada da polícia, os tripulantes empreenderam fuga na embarcação, certamente levando parte da carga”, explicou Portela.

Oito pessoas foram presas durante a operação: o ex-vice-prefeito de São Mateus, identificado como Rogério Sousa Garcia, que seria agenciador dos atos criminosos praticados no sítio, sendo que foi ele quem alugou o sítio no nome de uma outra pessoa que não tem nada a ver com o crime; o major da PM, identificado como Luciano Fábbio Farias Rangel, que seria articulador de policiais para cobertura armada, através de milícia; o soldado da PM Fernando Paiva Moraes Junior; o 2º sargento da PM Joaquim Pereira de Carvalho Filho; José Carlos Gonçalves; Éder Carvalho Pereira; Edimilson Silva Macedo; e Rodrigo Santana Mendes.

Segundo Portela outras pessoas estão sendo ouvidas e mais prisões devem ser realizadas.

Entenda o caso:

A operação da Polícia Militar de combate à corrupção, na localidade Arraial, no bairro Quebra Pote, teve início por volta de 21h dessa quarta feira (22), quando foram presos integrantes de uma quadrilha especializada em contrabando, em São Luís, entre eles alguns são policiais militares. Segundo as investigações, o grupo estaria transportando e fazendo segurança de mercadoria contrabandeada, como drogas, armas e munições oriundas do Suriname.

No trajeto ao sítio onde o grupo operava, as guarnições do Batalhão de Choque encontraram uma S10 de cor prata sem placas, com quatro homens dentro, com três pistolas pertencentes à Polícia Militar do Maranhão.

Imirante