Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Bom Jardim- Vereador é condenado devido a fraudes em eleição para sindicato

Publicado em: 18 de junho de 2019 | por: admin

Uma Denúncia do Ministério Público do Maranhão levou a Justiça a condenar, em 12 de junho, o vereador de Bom Jardim Antônio Gomes da Silva, conhecido como Antônio Cesarino, por fraudes em processo eleitoral realizado em 2010 para a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Cesarino foi condenado a quatro anos e cinco meses de prisão em regime semiaberto e poderá recorrer em liberdade. O vereador também deverá pagar 930 dias-multa no valor de 10/30 do salário mínimo (vigente à época dos fatos) cada dia multa.

DENÚNCIA

Em setembro de 2018, o MPMA, por meio do titular da Promotoria de Justiça de Bom Jardim, Fábio Santos de Oliveira, apresentou denúncia contra Antônio Cesarino por fabricar e utilizar documentos falsos com o intuito de beneficiar-se nas eleições para o cargo de presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, em 2010.

Para comprovar os crimes, constaram nos autos depoimentos de vários sindicalizados que afirmam que Cesarino prometeu quitar suas dívidas e regularizar a situação junto ao sindicato em troca de votos. Entre outras irregularidades, uma perícia técnica constatou que as rubricas nos recibos de quitação de débitos que os filiados receberam de Cesarino não partiram dos tesoureiros do sindicato.

Governadores do Nordeste querem reinstalar o Mais Médicos com cubanos

Publicado em: 18 de junho de 2019 | por: admin

Governadores do Nordeste estão estudando a assinatura de um contrato com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para reinstalar atendimento similar ao do programa Mais Médicos. A Opas é a organização continental responsável pela exportação de profissionais de saúde.

O Consórcio do Nordeste, medida de administração que une os governos da região, analisa alternativas para trazer o programa de volta ao Brasil.

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) informou à Folha de S.Paulo que já foi feita consulta à Opas.

A proposta é de recuperar o contrato com a organização de forma regional. A Opas cancelou o acordo com o Brasil logo após a vitória de Jair Bolsonaro.

Segundo estimativas do New York Times, a saída de médicos cubanos deixou 28 milhões de brasileiros sem atendimento.

Deputados do Maranhão criticam veto de Jair Bolsonaro à bagagem gratuita

Publicado em: 18 de junho de 2019 | por: admin

Os deputados federais Eduardo Braide (PMN-MA), Gil Cutrim (PDT-MA), Pedro Lucas (PTB) e Edilázio Júnior (PSD) se manifestaram nas redes sociais após o veto do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), à medida provisória (MP) que garantiria a gratuidade para bagagem de até 23 quilos em aviões com capacidade acima de 31 lugares nos voos domésticos.

O deputado estadual Eduardo Braide destacou nas redes sociais que vai trabalhar pela derrubada do veto de Bolsonaro.

“Lamentável o veto sobre o fim da cobrança das bagagens nos voos. Essa cobrança não fez os preços das passagens diminuírem. Nós iremos lutar para derrubar esse veto e beneficiar os consumidores que não aguentam mais tanto desrespeito”, afirmou Braide, que também se posicionou na Câmara Federal.

O deputado Gil Cutrim questionou a quem interessaria o veto de Bolsonaro, por acreditar que a decisão atinge “quem tem menos”.

“O veto à medida provisória aprovada pelo Congresso que determinava a proibição da cobrança do despacho de bagagens aéreas nos deixa com a pulga atrás da orelha. Afinal, se a decisão foi tomada por “razão de interesse público”, a pergunta que fica é: que público interessado seria esse? Pois a medida atinge apenas os que têm menos”, destacou Gil Cutrim.

O relator dessa MP no Senado é Roberto Rocha (PSDB-MA). O maranhense, até o momento, ainda não se posicionou publicamente sobre a decisão tomada por Jair Bolsonaro. Na manhã desta terça-feira (18), Jair Bolsonaro comentou sobre o assunto e explicou os motivos do seu veto.

“As empresas menores alegavam que seria um empecilho. Você faz as contas. Eu fiz uma conta para um avião com 200 pessoas, 20 quilos a mais para cada um, é um gasto a mais. O que acontece, eu sempre viajei sem mala no avião. Então, eu estaria pagando pelos outros. Com todo o respeito, quer fazer uma viagem e vai usar mais, vai levar mais de 10 quilos, acho que… Se quer levar mais de 10 quilos, pague, pô, sem problema nenhum”, afirmou.

Ainda não há previsão de quando a medida provisória será apreciada pelos congressistas em sessão conjunta da Câmara e do Senado.

O deputado Pedro Lucas (PTB) considerou “um grande erro” esta MP do presidente.

“Foi um grande erro do presidente Jair Bolsonaro. Como liderança do meu partido vou vou fazer um apelo para que a própria bancada governista vote contra. O Congresso fez um grande gesto ao aprovar a medida provisória que ampliou de 20% para 100%, a participação do capital estrangeiro no mercado aéreo e por isso não vejo a questão da bagagem como motivo para que essas empresas não venham para o Brasil. Nós precisamos é valorizar o consumidor Brasileiro e acredito que os demais deputados também”, declarou.

Edilázio Júnior (PSD) criticou, além da decisão do governo, as empresas também, que segundo o parlamentar, estão se aproveitando da situação.

“A grande questão é quanto ao argumento de que a cobrança de bagagem iria diminuir o preço da passagem, coisa que não vimos. Pelo contrário, o que a gente observa é um cartel entre as duas maiores empresas com os preços das passagens praticamente iguais e quem sofre é o consumidor. Como as companhias estão só tirando proveito e não se chegou ao entendimento sobre aquele passageiro de que iria viajar só com a bagagem de mão com um preço mais em conta, então sou contra a cobrança da bagagem”, declarou.

Do G1MA

Lula recebe a visita do governador Flávio Dino nesta quinta-feira (06)

Publicado em: 6 de junho de 2019 | por: admin

O ex-presidente Lula recebe hoje (06) a visita do governador Flávio Dino, e da presidente do PCdoB, Luciana Santos. Há algumas semanas, Lula recebeu o ex-governador Ricardo Coutinho, do PSB, e Carlos Lupi, do PDT. Lula, do jeito que pode, vai costurando a formação de uma frente de partidos progressistas, necessária para enfrentar o retrocesso do governo Bolsonaro.

Segundo correligionários de Flávio Dino, o teor da visita variam entre pura demonstração de respeito pelo ex-presidente e uma estratégia da possível candidatura na eleição presidencial de 2022 na condição de candidato da frente de esquerda.

Mãe de menina morta no Chile lamenta perda: ‘Hoje eu não ouvi você dizer que me ama’

Publicado em: 5 de junho de 2019 | por: admin

Lenne Carvalho Lisboa, mãe da menina de 3 anos que morreu atingida por uma rocha durante passeio turístico no Chile usou as redes sociais para declarar seu amor à pequena. “Hoje eu não ouvi você dizer que me ama. Eu te amo, minha boneca”, escreveu ela, na ferramenta stories do Instagram.

Khálida Trabulsi Lisboa brincava na neve com a amiga Isadora Bringel, de 7 anos, e uma terceira criança perto do reservatório de El Yeso, um dos principais pontos turísticos do inverno chileno, quando pedras rolaram do alto da montanha. Feridas por pedaços de rocha, Khálida morreu na hora e Isadora não resistiu aos ferimentos no hospital.

Na véspera da tragédia, Lenne publicou uma foto de Khálida e se declarou para a filha primogênita, a quem chamou de “melhor presente”. Usou as hashtags “boneca”, “meu tudo” e “família”, entre outras. O clique foi feito na cidade de Valparaíso, no Chile.

O tio e padrinho da vítima de 3 anos, Luis Alberto Trabulsi Lisboa, contou ao Extra que a família está muito abalada pela perda. Khálida estava prestes a completar 4 anos de idade, em 22 de junho, e em agosto ganharia uma irmãzinha. Lenne está grávida de sete meses.

“Estar grávida é sentir um fantástico mar de diferentes emoções que nem imaginava que existiam”, escreveu a mãe, em 10 de maio, em post no qual celebrou as 24 semanas de gestação, hoje de quase sete meses.