Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

São Luís tem nova “noite de terror” após ataques a ônibus

Publicado em: 30 de setembro de 2016 | por: admin

Bandidos promoveram uma onda de ataques na noite desta quinta-feira (29), em São Luís. Pelo menos nove ônibus foram incendiados, por ordem de líderes de uma facção criminosa que atua dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Em nenhuma das ocorrências houve mortos ou feridos.

Os incêndios aconteceram na Vila Isabel Cafeteira, Recanto dos Vinhais, Forquilha, Novo Aurora, Angelin e Moropoia. Houve tentativas frustradas na Vila Industrial, Vila dos Nobres, Jota Lima, Jardim Tropical, Jambeiro, Vila Mauro Fecury e João Paulo.

Prisões

Durante a noite, a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) confirmou 23 prisões de suspeitos dos ataques. Tropas federais serão enviadas ao Maranhão, a pedido do governador, para juntar-se aos 7,5 mil homens que já atuarão nas eleições. (G1MA)

Leia a íntegra da nota enviada pela SSP-MA à imprensa:

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), reitera sua luta sem tréguas à violência perpetrada pelos ataques desta noite. Não cederemos a chantagens de facções criminosas que querem a volta a um passado recente.

Tropas federais serão enviadas para nosso estado, a pedido do governador, para juntar-se aos 7.500 homens que atuarão nos próximos dias para impedir que facções criminosas tentem tumultuar as eleições.

Já foram detidos 23 suspeitos dos ataques desta noite, sem o registro de qualquer vítima. A SSP destaca que as Forças de Segurança Pública estão atuando permanentemente para coibir tais práticas. Para tanto, estratégias foram definidas e ações de policiamento ostensivo e preventivo estão acontecendo em toda a região metropolitana de São Luís, com atenção aos pontos mais críticos. As Polícias Civil e Militar permanecem nas ruas por tempo indeterminado para assegurar que todos os suspeitos sejam presos e punidos no rigor na lei.

A SSP orienta que os cidadãos repassem informações que ajudem a polícia no combate ao crime por meio do número do aplicativo Whatsapp (98) 9.9163.4899 e pelo aplicativo “Byzu”, compatível com todos os sistemas operacionais.

Deixe seu comentário