Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Prefeitura atualiza plano de contingência para período chuvoso em São Luís

Publicado em: 23 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

Prefeitura atualiza plano de contingência para período chuvoso

A Prefeitura de São Luís está atualizando o plano de contingência que define as estratégias a serem utilizadas para combate e prevenção a desastres como enchentes e alagamentos. Na tarde desta quarta-feira (21), as ações do plano foram discutidas por um comitê formado por representantes das secretarias municipais de Segurança com Cidadania, Urbanismo e Habitação, Assistência Social, Segurança Alimentar, Trânsito e Transportes, Obras e Serviços Públicos, Meio Ambiente e Saúde.

O trabalho de atualização do plano de contigência é coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), por meio da Superintendência de Defesa Civil Municipal (Sudec), e tem a finalidade de alinhar as medidas de respostas às situações iminentes de riscos nas áreas mapeadas.

O titular da pasta de Segurança com Cidadania, Breno Galdino, destacou a importância desse trabalho de prevenção. “Precisamos nos preparar para o período chuvoso e estarmos prontos para os casos de eventuais catástrofes. A orientação do prefeito Edivaldo é de garantimos todo o apoio necessário às famílias que habitam em áreas de risco. Várias secretarias estarão disponíveis para atender a demanda da população”, afirmou.

Outra estratégia elaborada pela Prefeitura de São Luís diz respeito aos Núcleos Comunitários da Defesa Civil Municipal (Nudecs). Em 2013 os núcleos, formados por membros da comunidade, receberam treinamento sobre como proceder em casos de risco. Além da comunicação sobre as condições climáticas, os núcleos auxiliam no trabalho da Defesa Civil, sugerindo, inclusive, rotas de fuga em casos de desastres.

As reuniões com os núcleos iniciaram desde o início do mês. “Na gestão do prefeito Edivaldo implantamos 15 Nudecs e cada um deles conta com a participação de mais de 50 famílias. O trabalho é desenvolvido a partir de contato direto com a liderança comunitária, que ajuda na mobilização das famílias para receberem orientações na área de Defesa Civil”, relatou Elitânia Barros, superintendente da Defesa Civil Municipal.

Boatos geram pânico na Raposa

Publicado em: 22 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

 

images

Ex-prefeito ficha suja, José Laci

Muitos dos cidadãos Raposenses estão em pânico em virtude do boato espalhado por toda a cidade dando conta de que até o final do mês haverá uma grande armação para afastar o prefeito Clodomir Santos da administração da cidade de Raposa.

A suposta manobra teria participação direta da Desembargadora Nelma Sarney (ou de outro magistrado) a qual seria empossada presidente do Tribunal Regional Eleitoral e assim colocar em pauta de maneira Urgente/Urgentíssima o julgamento do processo de cassação do atual prefeito e vice-prefeito de Raposa. Até o nome do Governador Flávio Dino estaria sendo citado como avalista de tal atrocidade de modo torpe e desrespeitoso com o Governador do Estado.

Os membros da corte do Tribunal Eleitoral estariam também sendo achincalhados quando acusados de vender votos por quantias superiores a R$ 1.000.000,00 (UM MILHÃO DE REAIS).

O intitulado “político mais experiente” da Raposa e também “o maior ficha suja”, JOSÉ LACI se mostra confiante na materialização de tais acontecimentos. Dizem que a confiança é tanta que já iniciou inclusive as conversações para distribuição dos cargos comissionados da prefeitura. O “agora profeta” JOSÉ LACI, condenado em vários processos por desvio de dinheiro público, tenta de todas as maneiras desestabilizar o Governo Municipal de Raposa, espalhando boatos envolvendo diversas autoridades sem a mínima condição de corresponder a verdade. Ou será que ele tem razão! Terminantemente me recuso a acreditar, afinal estamos em outra era, em um novo governo que “acreditamos” jamais compactuará com práticas do passado.

A jovem Thalita Laci é apenas uma marionete utilizada pelo seu próprio pai “ávido” pelo poder a tal ponto de prejudicar a sua própria filha na ocasião em que ordenou o desfalque de quase R$ 300.000,00 nos cofres da Prefeitura quando ela assumiu por apenas 12 (doze) dias, restando-lhe garantido a imputação de crime de responsabilidade fiscal e improbidade administrativa na ocasião de sua prestação de contas. Ou será que ele pensa em também comprar membros do Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado? Desse jeito só tomando a Prefeitura na marra. Existe, ainda, a promoção da “imprensa marrom” de Raposa que ajuda na disseminação de tais boatos, bem como na divulgação de fatos fictícios dando conta de suposta gestão fraudulenta de contratos administrativos por parte da administração municipal sempre precedidos de chantagem pecuniária para não divulgação das sórdidas matérias.

Por outro lado o prefeito Clodomir afirma que já foi vítima de várias tentativas de chantagens desse tipo de “imprensa” e que nunca se rendeu e nem vai render ou alimentar tal prática, pelo contrário está reunindo várias provas para extirpar dos meios de comunicação esse tipo de “chantagista” que jamais deva ser comparado com a profissão de “jornalista”. Agora é só esperar o desenrolar dos acontecimentos para desmentir toda essa nefasta profecia do “JOSE LACI” para que não aconteça o pior para a Raposa. Que Deus abençoe o povo raposense.

 

Ministério da Saúde alerta para importância do diagnóstico precoce da hanseníase

Publicado em: 21 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

Foto: Divulgação

Com a campanha Hanseníase: Quanto antes Você Descobrir, mais Cedo Vai se Curar, lançada hoje (21), o Ministério da Saúde busca conscientizar profissionais de saúde, gestores e a população em geral sobre a importância do diagnóstico precoce da doença, que tem tratamento gratuito no Sistema Único de Saúde.

De acordo com a pasta, a campanha será direcionada a municípios brasileiros onde há maior prevalência de hanseníase e localizados, sobretudo, nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A comunicação será feita por meio da distribuição de cartazes, folhetos e mídias nas redes sociais.

Como parte das ações que marcam o Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase, a ser lembrado no próximo domingo (25), o prédio do ministério, em Brasília, vai receber uma projeção de luzes nas cores marrom, vermelho e bege, que representam os tons das manchas provocadas pela doença.

Segundo a pasta, a hanseníase é uma doença crônica, infectocontagiosa, transmitida por pessoas doentes que não estão em tratamento. A doença tem cura, mas pode causar incapacidades físicas se o diagnóstico for tardio ou se o tratamento não for feito adequadamente.

O ministério recomenda que as pessoas procurem um serviço de saúde no caso de aparecimento de manchas, de qualquer cor, em qualquer parte do corpo – sobretudo se a mancha apresentar diminuição de sensibilidade ao calor e ao toque. Após iniciado o tratamento, o paciente deixa de transmitir a doença quase que imediatamente.

hanseniase

 

Fonte: Agência Brasil

 

Prefeitura adota novas tecnologias para sistema de bilhetagem no transporte público

Publicado em: 21 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

Crédito: ©A. Baeta

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), iniciou a implantação dos equipamentos de biometria facial em 1.100 ônibus que circulam no sistema de transporte urbano da capital. O dispositivo vai possibilitar a identificação dos reais usuários do sistema de bilhetagem eletrônica nos coletivos da cidade. A medida visa impedir que passageiros utilizem de forma indevida o cartão de outras pessoas, inviabilizando a fraude no sistema de transporte público de São Luís.

De acordo com o prefeito Edivaldo, assim que for concluída a instalação do sistema de biometria facial nos primeiros 1.100 ônibus da frota que receberá o equipamento, terá início também à implantação do Bilhete Único, juntamente com o GPS e o serviço de recarga embarcada. “A intenção é que todo o sistema funcione de forma integrada, proporcione comodidade ao usuário e melhorias significativas no sistema de transporte público da capital”, sinalizou Edivaldo.

O titular da SMTT, Canindé Barros, informou que durante este mês, o equipamento será instalado em 100 ônibus da linha Taguatur. Em fevereiro, mais 200 coletivos ganharão o dispositivo; em março, um total de 400 veículos receberão os equipamentos, e em abril outros 400 ônibus também passam a funcionar com o sistema de identificação biométrica.

O secretário explicou que o sistema de biometria facial é formado por um equipamento que reconhecerá a fisionomia do usuário já cadastrado no sistema de bilhetagem eletrônica do transporte público da capital, impedindo que pessoas utilizem indevidamente o cartão de outros passageiros. O equipamento é composto por uma espécie de máquina fotográfica que detectará o real usuário da gratuidade e da carteira estudantil. Apesar de o sistema utilizar o reconhecimento da foto do usuário já cadastrada no órgão, o equipamento também realizará a atualização da fotografia do passageiro à medida que ele utilizar o sistema.

“Com a implantação do sistema, vamos acabar com fraude nessa modalidade de uso indevido do sistema de transporte, que chega hoje a 35%. Muitas pessoas que não têm direito à gratuidade e ao benefício estudantil utilizam o serviço indevidamente, ocasionando um prejuízo significativo ao sistema de transporte público da capital. Com o equipamento biométrico, o cartão que for utilizado para burlar o sistema será bloqueado, forçando o titular a se dirigir à SMTT”, disse o secretário.

Já a operacionalização do bilhete único iniciará assim que for concluída a instalação do sistema biométrico de identificação, no final de abril. Será feita a troca dos atuais equipamentos de bilhetagem por outros mais modernos que atendam ao novo sistema de identificação eletrônica dos usuários. “Para a implantação do bilhete único, temos primeiro que evitar a fraude no transporte, por meio da biometria facial. Concluída essa etapa, então daremos início ao serviço de bilhete único, que possibilitará ao usuário fazer seu embarque em qualquer ponto de ônibus da cidade e não apenas nos terminais de integração”, frisou o titular da SMTT.

RECARGA EMBARCADA
Outro serviço que também integrará o sistema moderno de atendimento ao usuário de transporte de São Luís é a recarga embarcada, a partir de maio. Trata-se de um dispositivo eletrônico que será instalado nos ônibus para que o usuário do sistema de bilhetagem possa efetivar a recarga de seu cartão dentro do próprio ônibus, sem precisar se dirigir aos pontos tradicionais de recarga.
Outra modalidade da recarga automatizada é que ela também poderá ser feita em casa, via internet. Nesse caso, os créditos serão disponibilizados em um tempo máximo de 24 horas. Já dentro dos ônibus, os créditos caem imediatamente.

Governador Flávio Dino assina seis decretos em prol da educação no Estado

Publicado em: 21 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

Em exatos 20 dias de gestão, o governador Flávio Dino assinou seis decretos que contemplam lutas de 20 anos dos profissionais de educação em favor da valorização profissional. Ao assinar os decretos, o governador garante reconhecimento aos professores da rede estadual de ensino e o reparo em escolas com estruturas físicas precárias. O início do semestre letivo está previsto para o dia 9 de março com professores qualificados em salas de aula dignas.

Foto1_Governador-Flávio-Dino-assina-seis-decretos-em-prol-da-educação-no-Estado-543x360

Pelos documentos, o governador decretou prorrogação dos contratos de 4.990 professores, realização de seletivo para contratação de mais mil professores temporários, progressão funcional de 11.144 professores, reajuste de 15% no salário dos professores contratados, pagamento do piso salarial nacional em todos os patamares do magistério e realização de reparos emergenciais em 93 escolas que estão sem condições de funcionamento.

Foto2_Governador-Flávio-Dino-assina-seis-decretos-em-prol-da-educação-no-Estado-543x360

“É uma imensa alegria poder demonstrar diariamente o nosso compromisso de ampliar os serviços públicos, que é o principal legado que deixaremos nesse período governamental. Não me preocupam grandiosas obras físicas; preocupa-me essa enorme e inigualável obra de melhorar a vida do povo do Maranhão. Para isso, precisamos de mais servidores públicos e mais serviços públicos”, destacou Flávio Dino.

Todas essas determinações atendem a reivindicações antigas dos professores, principalmente a progressão. “Nosso sindicato lutou muito por isso. Foram 20 anos de falta de compromisso dos gestores com os educadores. Hoje estamos comemorando muito cada uma dessas medidas e cheios de esperança. É bom ver um governo comprometido com o ensino público”, lembrou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipal do Estado do Maranhão (Sinproesemma), Júlio Pinheiro.

O vice-governador, Carlos Brandão, destacou o conjunto de ações anunciadas desde o dia da posse. “Neste primeiro mês de governo, o governador já deu um choque na área da educação, mostrando o compromisso com os professores, com os alunos e com o Maranhão. Somadas a outras ações, essas medidas contribuirão para a elevação dos índices sociais do nosso estado”, frisou Carlos Brandão.

Ano Letivo

Com professores contratados e escolas em condições de funcionamento de receber alunos, o semestre letivo terá início no dia 9 de março. “Tivemos urgência em tomar essas medidas para garantir que alunos e professores estivessem em sala de aula em tempo adequado. Esse ato demonstra responsabilidade e compromisso com os professores e a qualidade do ensino oferecido pelo governo do Maranhão”, garantiu a secretária de Educação, Áurea Prazeres.

Para acabar com a incerteza histórica de professores a cada início de ano letivo, o governador Flávio Dino anunciou a realização de concurso público ainda em 2015. “A prática de contratações temporárias tem que ser uma exceção. Vamos realizar concurso público para professores ainda este ano para já começarmos o ano de 2016 com professores efetivos”, explicou o governador.

Reconhecimento e Luta

Segundo o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro, sob o comando de Flávio Dino, o Governo do Estado adota uma postura completamente diferente da que era praticada em relação aos profissionais de educação. “Na gestão anterior, a recomposição salarial chegou a ser parcelada em quatro vezes e não foram raras as pressões do Sinproesemma que chegou, inclusive, a decretar em 2011 uma das greves mais longas da categoria que durou 78 dias. Somente após outra greve, em 2013, a gestão anterior fechou acordo em torno do Estatuto do Magistério.

MEDIDAS ANUNCIADAS

Prorrogação dos contratos de 4.990 professores

Contratação de 1.000 professores temporários

Progressão funcional de 11.444 professores

Reajuste de 15% no salário dos professores contratos

Fixação do piso nacional em todos os patamares do magistério

Reparos emergenciais em 93 escolas que estão sem condições de funcionamento