Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Profissionais de saúde denunciam falta de EPIs no Socorrão II

Publicado em: 28 de abril de 2020 | por: admin

Funcionários do Hospital Clementino Moura, Socorrão II, denunciaram  ao Blog da Ellen Nascimento que estão trabalhando em meio à pandemia da covid-19 sem o Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequado. Eles relatam que não há máscaras, avental apropriado e material para tratar os doentes que são encaminhados para a unidade de sáude.

Profissionais denunciaram que pacientes “clínicos” ficam em uma mesma enfermaria com pessoas suspeitas da Covid-19

Segundo as fontes entrevistadas pela reportagem, no preocupante contexto, o tratamento que o Socorrão II tem cedido aos seus profissionais é exemplo de descaso. Sem a proteção recomentada pelos órgãos sanitários, os trabalhadores da unidade hospitalar privada tem adoecido a cada dia. Mais da metade dos profissionais de saúde encontram-se afastados por apresentarem sintomas respiratórios suspeitos de infecção por Covid-19.

Segundo os profissionais, mesmo diante desse cenário, os pacientes suspeitos estão sendo colocados junto com pacientes clínicos. O risco dos profissionais se infectarem – ou de um paciente infectar outro – aumenta.

“Recebemos apenas duas máscaras cirúrgicas e um jaleco descartável para trabalhar em um plantão de 12 horas. A única máquina de Tomografia que está funcionando na cidade é a do Clementino Moura. Estamos recebendo pacientes de outros hospitais para realizar Tomografia. Quando entra um paciente pra fazer Tc de tórax  sugestiva de infecção pelo covid, o setor precisa ser higienizado e, para isso, o setor fica parado por volta de 2-3 horas por conta do produto que eles utilizam para desinfecção”, disse uma enfermeira.

“O que está acontecendo no Socorrão??? Dois funcionários mortos, já identificado o foco de contaminação, técnicos testando positivo. Cadê a lavagem terminal, ou a interdição do setor, cadê o Coren (Conselho Regional de Enfermagem), cadê o sindhosp (Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios), a Secretária Municipal. Ninguém se pronuncia?! Quantos mais precisarão morrer? Protestou uma funcionária no Facebook.

No Maranhão, já são 2.410 casos confirmados e 125 óbitos. A SES registra ainda 297 profissionais de Saúde infectados pelo novo coronavírus.

Deixe seu comentário