Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Prefeitura de São Luís realizará cirurgias de prevenção ao câncer de mama a partir desta quarta-feira (15)

Publicado em: 14 de outubro de 2014 | por: ellen nascimento

A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Saúde (Semus), passa a oferecer a partir desta quarta-feira (15) cirurgias para a retirada de tumores benignos em mulheres diagnosticadas com câncer de mama. O procedimento será realizado no Hospital da Mulher, na região Itaqui-Bacanga, como parte da programação do Município pelo Outubro Rosa.

“Este é um serviço importante e que atende não somente a comunidade feminina da área Itaqui-Bacanga, como também de outras localidades da cidade. É uma prova da mudança na saúde da capital, instituída pelo prefeito Edivaldo”, comentou a diretora-geral do Hospital da Mulher, Natália Ribeiro Mandarino. Ela explicou que as pacientes que serão atendidas nesta quarta foram submetidas a consultas pré-cirúrgicas semanais na unidade de saúde.

Segundo a diretora-geral, mesmo após o encerramento das atividades do Outubro Rosa, o procedimento cirúrgico continuará a ser oferecido pelo Município para os casos de tumores benignos em mulheres diagnosticadas com câncer de mama. Para realizar a cirurgia, a paciente deve procurar o setor de atendimento do Hospital da Mulher e marcar consulta com a mastologista, que atende às quartas-feiras, para fazer uma avaliação.

“Caso seja diagnosticado um tumor maligno, a paciente será encaminhada para outras instituições parceiras, como o Hospital Aldenora Belo, por exemplo, onde poderá ser operada”, destacou Natália Ribeiro Mandarino.

 

OUTRAS AÇÕES

Como parte da programação do Outubro Rosa, nesta terça-feira (14) foi realizada uma ação educativa no Hospital da Mulher sobre os cuidados para prevenção do câncer de mama. Com o uso de fantoches foi encenada uma apresentação com várias dicas sobre o tema. “Foi interessante vir aqui, já que marquei uma consulta com ginecologista e aprendi algumas dicas importantes sobre como cuidar das mamas”, comentou a dona de casa Maria Aparecida Costa, 54 anos.

 

Márcio Jerry: “foi uma vitória histórica do povo ”

Publicado em: 14 de outubro de 2014 | por: ellen nascimento

Jornal Pequeno

O jornalista Márcio Jerry, 47, é militante de esquerda desde a adolescência, período em que conheceu Flávio Dino nas lutas estudantis em defesa da democracia. Os dois militaram juntos no movimento estudantil, no PT e PCdoB.

Como presidente estadual do PCdoB Maranhão, Jerry integrou a coordenação da campanha vitoriosa de Flávio Dino. Tinha desempenhado o mesmo papel nas disputas de 2008 e 2010, processos eleitorais que pavimentaram o caminho para a vitória no último domingo.

Ele falou ao JP na quinta-feira, 9, antes de ter o nome anunciado por Flávio Dino como próximo Secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos.

Como resumir essa jornada, essa grande vitória?

Márcio Jerry – De fato uma grande vitória, de dimensão histórica. Foi uma vitória sobretudo construída pelo povo maranhense, que ano a ano vem demonstrando sua insatisfação com esse sistema oligárquico que empobreceu o Maranhão, estado com grande potencial de desenvolvimento com justiça social. E uma vitória também da grande capacidade de liderança do Flávio Dino, que teve individualmente um papel muito grande, decisivo.

E qual o balanço da campanha, de todo esse percurso até a eleição no último domingo?

Márcio Jerry – Foi um processo bem planejado, bem costurado para que tivéssemos uma aliança ampla. Conseguimos o feito inédito de unir a oposição, de ter no mesmo palanque as principais lideranças estaduais desse campo. E fizemos da rua, do contato direto com a população, do diálogo permanente, o principal instrumento para conquistar o apoio da imensa maioria do nosso povo.

Mas na campanha em si, nesse período de julho até domingo ?

Márcio Jerry – Mantivemos nosso propósito, fazendo campanha mobilizadora e propositiva. E resistimos a uma campanha de baixíssimo nível, estruturada num discurso anticomunista insano, em golpes baixos, em baixaria como nunca se viu. Mas o povo mostrou que não dá ouvidos às baixarias e fez do Flávio Dino um governador eleito em primeiro turno com esmagadora maioria.

O senhor e o Flávio Dino são de uma geração forjada no movimento estudantil dos anos 80. Podemos simbolicamente dizer que “o movimento estudantil venceu”?

Márcio Jerry – Sim, é uma lembrança muito importante essa. De fato há um percurso histórico de uma geração, de militantes de esquerda, de militantes dos movimentos sociais, enfim, de pessoas que, como gosta de frisar o Flávio, caminharam sempre pela margem esquerda da vida, com coerência política e ideológica. E que se somaram a outras lideranças importantes do estado, como o ex-governador Zé Reinaldo, o Humberto Coutinho, enfim, a muitos que se irmanaram no propósito de mudar o comando político do Maranhão. Muitos venceram simbolicamente: seu Sálvio(pai de Flávio Dino), Manoel da Conceição, nossos líderes políticos de outros momentos, Jackson Lago, enfim, é a vitória do campo democrático e popular do Maranhão.

E agora, como encarar o desafio de governar um estado cheio de tantos problemas?

Márcio Jerry – Com muito entusiasmo, com vigor e energia. Temos um líder muito preparado, que é o Flávio Dino. Não tenho dúvida de que ele marcará muito fortemente a presença dele no comando do estado. Flávio tem uma responsabilidade imensa, está preparadíssimo para a missão. Estamos felizes com a conquista, mas sobretudo entusiasmados com as possibilidades que se abrem para mudar radicalmente o Maranhão, assegurando oportunidades para todos e melhores condições de vida para nosso povo.

Dilma e Aécio fazem hoje o primeiro debate do segundo turno

Publicado em: 14 de outubro de 2014 | por: ellen nascimento

Aécio e Dilma se enfrentam hoje (14/10) na Band.

A Presidente Dilma Rousseff (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB) encontram-se nesta terça-feira (14) para o primeiro debate do segundo turno da eleição presidencial.

Marcado para começar às 22h, o evento será transmitido ao vivo pela Rede Bandeirantes.

O debate será dividido em cinco blocos. Os quatro primeiros serão de confronto direto entre os participantes. No último bloco, cada um terá dois minutos para suas considerações finais.

A mediação será feita pelo jornalista Ricardo Boechat. Não haverá espaços para perguntas de jornalistas.

Além deste, estão programados outros três debates entre Dilma Rousseff  e Aécio Neves até o dia da votação.

Vendedores ambulantes serão retirados das calçadas da Rua Grande

Publicado em: 14 de outubro de 2014 | por: ellen nascimento

Ambulantes serão realocados nas transversais.

Trabalhadores informais serão, até o fim deste mês, retirados das calçadas da Rua Grande e realocados em outro local. A informação vem da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (SEMURH) e da Blitz Urbana. A medida tem por objetivo otimizar a passagem de consumidores que passarão pelo centro comercial para as compras de final de ano.

Segundo os dois órgãos a ideia é que eles sejam retirados das calçadas da rua, e sejam reagrupados em transversais até o fim de outubro.

O projeto de disciplinamento do comércio informal na região do Centro foi anunciado pela Prefeitura de São Luís no ano passado. Atualmente, o projeto já teve algumas etapas realizadas com a distribuição de barracas padronizadas e a retirada dos vendedores ambulantes, que ocupavam a Praça do Pantheon, para a Praça Deodoro. Agora, com a proximidade do período em que o fluxo de consumidores aumenta significativamente na Rua Grande, outra etapa do projeto deve ser colocada em prática.

Segundo o superintendente de fiscalização e postura da Blitz Urbana, Márcio Aragão, serão distribuídas mais de 300 barracas aos vendedores ambulantes que atuam na Rua Grande. Com as barracas, que têm dimensões de 1,20 m x 0,80 m, os camelôs passarão a ocupar os espaços disponíveis nas ruas transversais.

O secretário de Urbanismo e Habitação, Diogo Lima, afirmou que serão realocados nas transversais primeiramente os camelôs que ocupam as calçadas nos dois primeiros quarteirões da Rua Grande, partindo do cruzamento com a Rua do Passeio em direção ao Largo do Carmo. Isso porque são esses que concentram uma grande quantidade de vendedores obstruindo entrada de lojas e dificultando a passagem de transeuntes.

“Teremos de refazer a fiscalização dos vendedores que já têm barracas nas transversais e já estão desorganizados. Após isso, vamos transferir os vendedores que ainda estão nas calçadas para as transversais. Durante o ano houve uma pulverização das equipes de fiscalização para cobrir outras ações pela cidade e os ambulantes aproveitaram para desorganizar o que havia sido feito. Mas agora o trabalho será novamente concentrado no local”, ressaltou o secretário Diogo Lima.

O secretário destacou ainda o reforço na fiscalização durante o período de fim de ano. De acordo com ele, será realizada uma ação semelhante a que aconteceu em 2013, quando as superintendências de Obras e Fiscalização e Postura se uniram para fiscalizar o comércio informal na Rua Grande. O coreto da Praça Deodoro dará lugar a um posto avançado da Blitz Urbana a partir de novembro. “A maior parte dos fiscais atuará nesse trabalho. Vamos dobrar o número de viaturas no setor, para garantir uma fiscalização mais eficiente no foco, que é o Centro, e em outras áreas do comércio”, observou.

Polícia Civil paralisa atividades durante esta semana

Publicado em: 13 de outubro de 2014 | por: ellen nascimento

O Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol) e a Associação dos Servidores da Polícia Civil do Estado do Maranhão (Aspcema) decretaram mais uma paralisação no estado. A ação foi deliberada durante a Assembléia Geral e foi suspenso 70% dos serviços prestados à população maranhense, mantendo 30% do quadro em atividade.

Entre as principais pauta de reivindicação dos policiais civis está o não cumprimento do Estado da implantação da Gratificação de Dedicação Exclusiva, cuja sentença transita em julgado. Além disso, são várias as dificuldades enfrentadas pela categoria na capital e no interior do estado, principalmente a falta de estrutura das delegacias.

Caso nenhuma das reivindicações sejam atendidas, já está convocada nova Assembléia Geral para o dia 17 de outubro, onde será deliberada greve geral por tempo indeterminado.