Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Matrículas para aprovados no Sisu começam nesta sexta (30)

Publicado em: 30 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

Resultado-do-Sisu-2015

Os candidatos que foram aprovados nos cursos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem fazer a matrícula na instituição correspondente a partir desta sexta-feira (30).  O prazo para entregar a documentação exigida terminará em 3 de fevereiro.

O candidato selecionado pelo Sisu deverá verificar, junto à instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e procedimentos para matrícula.

O Sisu teve um total de 2.791.334 candidatos inscritos para 205.514 vagas de 5.631 cursos em universidades federais e institutos tecnológicos.

A lista de aprovados está disponível no site do processo seletivo: sisu.mec.gov.br. O candidato pode consultar seu desempenho inserindo o número de inscrição no Enem e a senha de inscrição. O site permite ainda recuperar a senha do Enem.

Lista de espera

Os candidatos que não foram aprovados em nenhuma das duas opções, ou que tenham sido aprovados apenas na segunda opção (independente de fazer matrícula ou não), podem continuar concorrendo ao curso da primeira opção nas próximas chamadas, que serão feitas por meio de lista de espera e divulgadas exclusivamente pelas universidades. A inscrição na lista de espera já pode ser feita, por meio do site do Sisu, até o dia 6 de fevereiro.

Do total de vagas ofertadas por universidades federais, institutos tecnológicos e universidades estaduais nesta primeira edição do Sisu, 82.879 (ou 40%) foram destinadas a estudantes que atendam aos quesitos da Lei de Cotas, ou seja, que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas.

Pela lei, neste processo seletivo do Sisu, pelo menos 37,5% de suas vagas foram reservadas para cotistas. Até 2016, as instituições deverão atingir o percentual de 50% de vagas reservadas.

Além da Lei de Cotas, algumas instituições promovem reserva de vagas por ações afirmativas, como vaga para deficientes, quilombolas ou um índice maior para alunos negros, pardos ou indígenas. No total, 12.825 vagas do Sisu foram reservadas para ações afirmativas das universidades e institutos.

Prefeitura de São Luís paga salários de janeiro nesta sexta

Publicado em: 30 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

A Prefeitura de São Luís paga os salários referentes ao mês de janeiro dos servidores públicos da administração municipal nesta sexta-feira (30). Desta forma, o prefeito Edivaldo mantém o compromisso de pagar os vencimentos dos funcionários ainda dentro do mês.

Os servidores municipais podem ter acesso às informações dos seus vencimentos em todos os terminais de auto-atendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico. Basta acessar a opção Outros Serviços, escolher a opção Contracheque BB e depois informar o número da matrícula e o mês desejado do documento. As informações também podem ser acessadas pelo site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, informando a matrícula e a senha.

Bandidos explodem agência do Banco do Brasil de Timbiras

Publicado em: 28 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

 

timbiras

Na madrugada desta quarta feira (28), por volta das 02h00, seis homens fortemente armados explodiram caixas eletrônicos do Banco do Brasil no município de Timbiras. Na ação eles usaram dinamites que durou cerca de uns 40 minutos, deixando fumaça e vários estilhaços por todos os lados.

Segundo testemunhas, antes da ação, eles foram à delegacia da cidade e no quartel e atiraram nos pneus das viaturas, dificultando o deslocamento da polícia. O sargento Gladilson e o soldado Nicolas, eram os únicos policiais de plantão que estavam no quartel, em depoimento eles disseram que ouviram os disparos e ainda conseguiram ver três elementos saindo do local, ainda alegou não reagir por se sentirem cercados.

Os moradores que residem próximo da agência, conseguiram ver todo o movimento, após as explosões seis homens saíram do local em três motos, dois deles estavam encapuzados e os outros usando capacetes, todos seguravam um fuzil. Ainda segundo testemunha, várias ligações foram feitas a polícia, que alegaram estar com os pneus furados. Os bandidos conseguiram fugir para cidade de Coroatá sem nenhum impedimento.

A policia de Codó e Coroatá ainda foram acionadas, os policiais que se deslocavam para Timbiras viram um carro próximo a ponte da cidade em chamas, acreditam que tenha sido ação dos bandidos. Durante a manhã o gerente da agência estava no local para contabilizar os estragos, até o momento ainda não se sabe a quantia levada.

Prefeitura de São Luís realiza mutirão do Glaucoma e mobilização pelo Dia de Luta contra Hanseníase

Publicado em: 28 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento
3237_mutirao_glaucoma_secom_

Como parte das ações estabelecidas pelo prefeito Edivaldo para reforço da atenção básica, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) promoverá nesta quarta-feira (28), a partir das 8h30, na Unidade Mista Itaqui-Bacanga – localizada na avenida dos Portugueses, no bairro Vila Isabel, próximo ao Hospital da Mulher -, o Mutirão do Glaucoma.

A doença é a segunda maior causadora de cegueira no país, perdendo apenas para a catarata. A diretora da unidade, Ilvanícia Bordalo, informou que o público alvo da ação são pacientes da unidade de saúde inscritos no programa de Hipertensão e Diabetes, doenças que aumentam o risco de glaucoma. Todos os pacientes que serão atendidos durante o mutirão foram previamente selecionados e já receberam senha para serem atendidos durante a ação. “Estaremos atendendo também pacientes do programa de Tuberculose e Hanseníase. A nossa expectativa é que cerca de 100 pessoas sejam beneficiadas com o mutirão”, contou Ilvanícia. Além da consulta com o oftalmologista, os pacientes serão submetidos a exames de campimetria, tonometria e fundoscopia, para avaliação médica da doença. O mutirão também visa chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce no combate a doença.

O glaucoma é uma lesão no nervo óptico que pode provocar, em alguns casos, até mesmo a cegueira. Entre os sintomas do glaucoma estão a dor grave e súbita no olho, visão diminuída ou embaçada e até mesmo náuseas.

No final de novembro mais de 100 pacientes foram atendidos em um mutirão de combate ao glaucoma realizado pela prefeitura, no Centro de Saúde da Liberdade. Os pacientes atendidos foram submetidos à avaliação de uma oftalmologista que, por meio de exame prático, verificou os sintomas da existência da doença. Nos casos de confirmação, o paciente foi encaminhado de maneira imediata para recebimento de colírio ou tratamento a laser, de acordo com o diagnóstico.

Hanseníase- Também nesta quarta-feira (28) a Secretaria Municipal de Saúde estará realizando, na Praça Deodoro, uma mobilização pelo Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase. A ação constará de panfletagem e abordagem da população com dicas de prevenção da doença e estímulo ao diagnóstico precoce. A mobilização será a partir das 9h e se estenderá por toda a manhã.

Flávio Dino reúne prefeitos para articular ações nos 30 municípios

Publicado em: 27 de janeiro de 2015 | por: ellen nascimento

Do Plano de Ação ‘Mais IDH’

O governador Flávio Dino e o vice Carlos Brandão recepcionaram, nesta segunda-feira (26), prefeitos e sindicalistas para apresentar o conjunto de ações que serão articuladas pelo Executivo Estadual para alavancar os indicadores sociais dos municípios contemplados com o Plano de Ação ‘Mais IDH’. A reunião, no Palácio dos Leões, teve o intuito de convocar os prefeitos a unirem esforços para viabilizar ações concretas que garantam condições de vida digna a todos os maranhenses.

As ações do Plano de Ação ‘Mais IDH’ beneficiarão os 30 municípios com menor desempenho no Índice de Desenvolvimento Humano no Maranhão, projeto que compõe o programa de governo debatido com a população durante o ano de 2014. Articulando as secretarias responsáveis pelas políticas públicas que serão implementadas já em 2015 em cada município que integra a lista daqueles com IDH mais baixo, o Estado promoverá ações focadas na promoção de qualidade de vida nesses locais.

O governador explicou aos presentes cada uma das ações que serão implementadas ao longo dos próximos meses. Os secretários que integram o Comitê Gestor detalharam as ações que serão conduzidas em cada pasta, que terão direcionamento para as áreas da Educação, Atenção Básica à Saúde, melhoria do Saneamento, Habitação, Produção Agrícola, Combate ao Analfabetismo e à Fome, entre outros.

Segundo Flávio Dino, a diretriz da gestão é garantir que esses municípios dêem um grande salto na qualidade de vida em um curto espaço de tempo, pois, pela primeira vez, terão atenção direcionada pelo poder estadual. “Tendo vontade política, vamos atrás de todas as condições financeiras e institucionais para fazer acontecer”, garantiu o governador ao explicar que está buscando pessoalmente o apoio do Governo Federal e dos municípios para realizar as ações num esforço conjunto.

O governador afirmou ainda que verbas do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza e as parcerias com a União e outras entidades do poder público darão viabilidade a cada uma das ações.

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Gil Cutrim, enalteceu a iniciativa do governador em ouvir os prefeitos, estabelecendo um marco no diálogo entre o governo estadual e os municípios. De acordo com o presidente, essa foi a primeira vez que a maioria dos prefeitos foram convidados a estar no Palácio dos Leões.

“Estou encantado com esta tarde que vai ficar para a história do Maranhão. Durante o encontro o governador demonstrou que conhece o nosso estado e que tem interesse em construir uma gestão participativa onde os prefeitos possam discutir a implementação de ações para que o Maranhão tenha um futuro promissor”, disse Gil Cutrim.

A reunião foi elogiada pelos prefeitos, que se comprometeram em colaborar com as ações em prol da melhoria da qualidade de vida dos moradores. “Estamos de portas abertas para receber e colaborar com esse trabalho que vai tirar o nosso município desse cenário. Queremos que Fernando Falcão seja um dos melhores lugares para se morar e, para isso, estou pronto para ajudar a elevar os índices socioeconômicos do Estado”, disse o prefeito Antonio Moacir de Santana, do município Fernando Falcão, primeiro na lista de pior IDH.

O município de Lagoa Grande do Maranhão, com 12,8 mil habitantes, está na sexta colocação no ranking. O prefeito Jorge Melo Dias afirmou que irá se empenhar para que o Maranhão possa superar o estado de extrema pobreza. “Elogio a iniciativa do governador Flávio Dino em fazer esse chamamento aos prefeitos para compor essa força tarefa. A instituição dessas políticas públicas alcançarão a população mais carente e fará com que o Maranhão possa sair desse triste cenário”, disse.

Indicadores dos municípios

O Estado está construindo um diagnóstico preliminar dos 30 municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A metodologia para levantamento dos indicadores sociais foi debatida pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos (Imesc) com representantes de dez órgãos que compõem o Comitê Gestor do Plano ‘Mais IDH’.

Os dados e indicadores vão levar em consideração as ações que devem ser promovidas nas áreas de saúde e saneamento básico, renda e educação. O Imesc apresentou diagnóstico da situação atual dos municípios e destacou o trabalho das secretarias como fundamental para formação de um banco de dados que terá a função de ajudar a planejar as ações do Comitê Gestor.

Ações apresentadas pelo Comitê Gestor

Direitos Humanos:

-Promoção do acesso à documentação e à informação.

-Realização do Mutirão Mais IDH e instituição dos Comitês Municipais do Mais IDH.

-Mobilização, articulação e capacitação dos Fóruns Mais IDH.

Educação:

-Valorização do magistério.

-Melhoria da infraestrutura das escolas.

-Alfabetização de crianças e adultos.

-Investimento nas tecnologias educacionais.

Saúde:

-Implementar o monitoramento e a avaliação das atividades dos agentes comunitários de saúde.

-Potencializar ações na área da atenção básica.

-Realizar estações de saúde e busca ativa para pacientes de risco e/ou sintomáticos para endemias negligenciadas.

-Intensificar cadastro e monitoramento e vigilância em saúde com foco nas crianças (menores de cinco anos), gestantes hipertensos e diabéticos.

Produção agrícola e agricultura familiar:

-Assegura assistência técnica e extensão rural às famílias beneficiárias do plano.

-Estimular, fomentar e garantir o apoio para a promoção da segurança alimentar e nutricional.

-Promover a inserção dos agricultores familiares no mercado institucional (Programa de Aquisição de Alimentos e Programa Nacional de Alimentação Escolar).

-Coordenar e gestar a concessão de fomento para a implantação de sistemas integrados alternativos para a produção de alimentos.

Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema):

-Ampliação ou implementação do sistema de abastecimento pleno de água tratável na sede dos municípios

Desenvolvimento Social:

-Implantação de 30 cozinhas comunitárias

-Assessorar a politica de segurança alimentar

-Inserção dos municípios no Programa Brasil Carinhoso e Brasil sem Miséria

Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc):

-Levantamento dos dados

-Realização dos diagnósticos

-Apoio aos comitês municipais

-Monitoramento das ações

30 municípios com menor IDHM

Fernando Falcão, Marajá do Sena, Jenipapo dos Vieiras, Satubinha, Água Doce do Maranhão, Lagoa Grande do Maranhão, São João do Carú, Santana do Maranhão, Arame, Belágua, Conceição do Lago-Açú, Primeira Cruz, Aldeias Altas, Pedro do Rosário, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, São João do Sóter, Centro Novo do Maranhão, Itaipava do Grajaú, Santo Amaro do Maranhão, Araioses, Governador Newton Bello, Cajari, Santa Filomena do Maranhão, Milagres do Maranhão, São Francisco do Maranhão e Afonso Cunha.