Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

“Tentar jogar lama para o lado de cá não vai deixá-los limpos”, rebate Rubens Júnior

Publicado em: 8 de julho de 2015 | por: admin

O vice-líder do PC do B na Câmara dos Deputados, Rubens Pereira Jr (MA), rebateu nesta quarta-feira (8), discurso do deputado do clã Sarney, Hildo Rocha (PMDB). Em seu discurso, Rubens afirmou que “o povo maranhense sabe muito bem quem tem relações com as empreiteiras que participaram da construção da Refinaria Premmium em Bacabeira”.

Deputado-Estadual-Rubens-Jr.

Ainda sobre as investigações da Lava Jato, Rubens Jr afirmou: “É curioso que o grupo Sarney venha aqui tentar inverter os fatos, jogando ilações para cima do PCdoB. Tentar jogar lama para o lado de cá não vai deixá-los mais limpos”.

Abaixo, a íntegra do discurso:

Sr. Presidente, Srs. Deputados, sras. Deputadas;

Chega a ser irônico que o grupo político que comandou o Maranhão por 50 anos, e que está atolado até o pescoço em complicações com a Justiça, venha a esta Tribuna fazer ilações sobre a Operação Lava Jato.

Diversos veículos da imprensa, como O Globo, Valor e Estadão, para citar apenas os principais, vêm noticiando há semanas que o doleiro Alberto Youssef incluiu em sua delação premiada a informação de que repassou propina da UTC para a então governadora Roseana Sarney. A mesma imprensa também noticiou que, em outra delação, a do próprio dono da UTC, Ricardo Pessoa, ele informou que pagou propina à Roseana e ao então ministro Edson Lobão.

O PCdoB não cai nem nunca cairá no erro afoito de condenar alguém com base apenas em uma delação premiada. O Ministério Público ainda apresentará denúncia e caberá ao Poder Judiciário julgar. Mas os fatos estão aí.

É curioso que o grupo Sarney venha aqui tentar inverter os fatos, jogando ilações para cima do PCdoB. Tentar jogar lama para o lado de cá não vai deixá-los mais limpos.

O povo maranhense sabe muito bem quem tem relações com as empreiteiras que participaram da construção da Refinaria Premmium em Bacabeira. Ou melhor, do que deveria ser uma refinaria, pois quase R$ 2 bilhões já foram enterrados em um terreno em Bacabeira e o que vemos quando passamos lá é só a terraplanagem.

Já contra Flávio não pesa uma denúncia sequer, em seu longo expediente de serviços prestados ao país, nos três Poderes: Executivo, Legislativo e também no Judiciário. Tentar fazer alguma ilação contra Nicolao Dino, membro do Ministério Público Federal há 24 anos, hoje ocupante do segundo maior cargo da Procuradoria Geral da República, também só pode soar como piada de mau gosto.

O povo maranhense conhece muito bem quem fala. Por isso, escolheu, com quase 1 milhão de votos de vantagem Flávio Dino para governar o estado pelos próximos quatro anos. E só em seis meses, o PC do B já tem mostrado a que veio, sendo que Flávio hoje conta com mais de 70% de aprovação em nosso estado, seguramente, o governador mais bem avaliado do país.

Prefeitura de São Luís consolida serviço de biopsias no Hospital da Mulher

Publicado em: 8 de julho de 2015 | por: admin

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), contabiliza 146 biopsias no Hospital da Mulher, média aproximadamente 18 procedimentos por mês desde novembro do ano passado, quando o serviço foi iniciado. O procedimento serve para o diagnóstico de nódulos benignos ou malignos na mama da paciente.

9780_inauguracao_neuro_cirurgia_hospital_mulher_260414_foto_fabriciocunha_1A secretária titular da Semus, Helena Duailibe, destaca a importância da oferta deste tipo de procedimento na rede pública da capital maranhense. “Há alguns anos não havia qualquer possibilidade de o Município ofertar um serviço como esse na nossa rede de atendimento. Atualmente e para descentralizar o atendimento dos Socorrões I e II, temos uma unidade considerada referência no atendimento qualificado às pacientes, por meio da oferta de procedimentos complexos e específicos”, afirmou.

A implantação do serviço faz parte de uma série de ações executadas pela Prefeitura no Hospital da Mulher para consolidar a unidade como centro de referência no atendimento da cidade. Para ter acesso ao procedimento, a paciente deverá se deslocar até a unidade de saúde, se submeter à avaliação preliminar, feita por uma mastologista, e se submeter a uma mamografia.

A estudante Natália Cruz, de 19 anos, moradora do Gapara, retirou um tumor benigno de uma das mamas no Hospital da Mulher. “Estou me recuperando bem. O diagnóstico foi feito no próprio hospital e agora estou fazendo o acompanhamento necessário”, explicou.

Nos últimos dois anos, o Hospital da Mulher registrou avanços no atendimento, como a ampliação do número de leitos de internação e de UTI e aquisição de novos aparelhos de tomografia computadorizada e raio-X. Em janeiro deste ano, o prefeito Edivaldo anunciou a ampliação do número de leitos de internação e de UTI da unidade. Este ano, também foram adquiridos novos aparelhos de tomografia computadorizada e raio-X para o hospital.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo, respondendo por 22% dos novos casos a cada ano. Ainda segundo o Inca, na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%. Especialistas afirmam que, se diagnosticado e tratado de forma correta, as chances de cura são relativamente boas.

Atendimentos do INSS prejudicados por greve serão remarcados, diz ministério

Publicado em: 8 de julho de 2015 | por: admin

Os segurados com agendamento nas agências da Previdência Social (APS) e que não forem atendidos devido à greve dos servidores terão sua data de atendimento remarcada, segundo nota divulgada na noite de ontem, dia 07, pelo Ministério da Previdência.

O reagendamento será realizado pela própria APS e o segurado poderá confirmar a nova data ligando para a Central 135 no dia seguinte à data originalmente marcada para o atendimento. Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) entraram em greve em vários locais do país. Segundo o ministério, do total de 1.605 unidades 196 estão paralisadas, 273 funcionam parcialmente e no total, 1.294 servidores aderiram à greve, o que equivale a 3,98%.

A nota diz ainda que INSS vai considerar a data originalmente agendada como a de entrada do requerimento, para evitar qualquer prejuízo financeiro nos benefícios dos segurados. A Central de Atendimento 135 está à disposição para prestar estas e outras informações e orientar os segurados.

A pasta diz que mantém “as portas abertas às suas entidades representativas para a construção de uma solução que contemple os interesses de todos” e que têm baseado sua relação com os servidores no respeito, no diálogo e na compreensão da importância do papel da categoria no reconhecimento dos direitos da clientela previdenciária.

Os trabalhadores entraram em greve por melhores condições de trabalho. Entre os motivos está também a reivindicação de reajuste salarial de 27,5%. A questão está sendo negociada com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Além dos trabalhadores do INSS, estão em greve os professores universitários, os trabalhadores técnico-administrativos das instituições federais de ensino, os servidores do Judiciário Federal e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Fonte: Agência Brasil 

Raposa: Cestas verdes beneficiam famílias de baixa renda

Publicado em: 8 de julho de 2015 | por: admin

A Prefeitura de Raposa, através da Secretaria de Assistência Social, que tem como titular a secretária Lília Oliveira, em parceria com a Secretaria de Agricultura, comandada pela secretária Rosana Dias, retornou a distribuir as “cestas verdes” às famílias em situação de insegurança alimentar.

A secretária de Assistência Social, Lília Oliveira, durante entrega das cestas verdes

Idealizado pela Prefeitura de Raposa, o projeto “Cestas Verdes” é realizado com o suporte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), tendo como objetivo garantir o acesso aos alimentos em quantidade, qualidade e regularidade necessárias às populações em situação de insegurança alimentar e nutricional, promovendo a inclusão social no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar.

Em média, todas as semanas, aproximadamente 50 famílias são beneficiadas com as cestas, que são compostas por frutas, verduras, legumes, polpa de frutas, massa de mandioca, frango e sarnambi.

Todas as segundas-feiras, a Secretaria de Agricultura do município entrega ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras), os alimentos necessários para que as “cestas verdes” sejam montadas e distribuídas às famílias necessitadas, pela Secretaria de Assistência Social de Raposa.

Na segunda-feira (6), uma equipe chefiada pela secretária Lília Oliveira (Assistência Social), visitou 50 famílias nos bairros Combique, Vila Maresia e Centro, para fazer as entregas das “cestas verdes”.

“O prefeito Clodomir tem um carinho especial pelo projeto “Cestas Verdes”, pois sabe que a distribuição das cestas representa a integração da agricultura familiar do município, com a assistência social, que é um setor de grande importância  a Raposa. É um trabalho que sempre fizemos, mas antes não era divulgado”, explicou Lília Oliveira.

Câmara aprova em 2º turno fim da reeleição e doações de empresas a partidos

Publicado em: 7 de julho de 2015 | por: admin

20150707222639852107i

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (7), em segundo turno, por 420 votos a 30, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma política. A partir da semana que vem, os deputados passarão a analisar destaques que podem alterar o texto.

Os deputados aprovaram, na PEC da reforma política, o fim da reeleição; o financiamento empresarial de campanhas para partidos; a mudança da idade mínima para se candidatar a governador, deputado e senador; a impressão do voto eletrônico; a cláusula de desempenho que dificulta o acesso ao fundo partidário; e a data da posse dos governadores e do presidente.

Uma PEC, para ser aprovada, precisa ser votada em dois turnos na Câmara e no Senado por no mínimo 308 votos. A votação passou rapidamente na Câmara, já que os temas polêmicos ficaram para a semana que vem.

Amanhã, a Câmara deve começar a votação de um texto complementar da reforma política, que não alteram a Constituição. Combinado com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o projeto de lei prevê limites para gastos de campanha e a alteração do tempo da propaganda eleitoral no rádio e na TV.

A matéria assinada pelo líder do DEM, Mendonça Filho (PE), estipula que uma empresa poderá doar para partidos políticos até 2% de seu faturamento do ano anterior, não podendo ultrapassar R$ 20 milhões. Cada pessoa jurídica poderá repassar 0,5% de seu faturamento a cada partido. A firma que ultrapassar os limites poderá pagar multa de cinco vezes do valor excedente.

O projeto também reduz de 45 para 30 dias a campanha eleitoral na televisão, com blocos de 20 minutos à tarde e à noite. O tempo de comerciais sobe de 30 para 70 minutos, a serem distribuídos durante a programação.