Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Horário de verão começa no próximo domingo, dia 18

Publicado em: 14 de outubro de 2015 | por: admin

O horário de verão começa a zero hora do próximo domingo (dia 18), quando os relógios serão adiantados em uma hora nos Estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. No Nordeste e Norte, não haverá modificação. Localmente, é alterado o horário da programação da televisão.

horario_de_verao

A alteração no horário vai até o dia 21 de fevereiro de 2016. A adoção do horário de verão traz uma economia superior a R$ 4 bilhões que representa o valor estimado em investimentos no sistema elétrico que atenderiam a uma demanda adicional prevista de aproximadamente 2.250 megawatts (MW) no parque gerador nacional, de acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME). Em termos de energia, a iniciativa gerou uma redução média de 4,6% no horário de ponta – entre as 17 horas e 20 horas – nos últimos anos.

A medida é adotada porque no verão o consumo de energia aumenta em todo o País. Nesta estação do ano, anoitece mais tarde no Sul e Sudeste e a iniciativa faz as pessoas usarem mais a luz natural nessas regiões. Quando foi implantado no Nordeste, a economia com a alteração foi pífia porque muitas pessoas acordaram ainda no escuro, gastando mais energia.

Atualmente, o horário brasileiro de verão é regulamentado pelo Decreto 8.112, de 30 de setembro de 2013, que revisou o Decreto nº 8.556, de 8 de setembro de 2008. Ele começa sempre no terceiro domingo do mês de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro do ano subsequente, exceto quando coincide com o carnaval, caso em que é postergado para o domingo seguinte.

Prefeitura de São Luís instala nova sinalização turística bilíngue

Publicado em: 14 de outubro de 2015 | por: admin

A Prefeitura de São Luís iniciou a instalação de nova sinalização turística bilíngue em diversos pontos da cidade. O projeto foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur), em parceria com o Ministério do Turismo (MTur). A medida segue orientação do prefeito Edivaldo de valorização, fortalecimento e incentivo ao turismo na capital.

totem

Serão instalados na capital maranhense 56 postes com braços projetados e placas de orientações turísticas, simples e moduladas; 21 placas indicativas de pedestres; 7 totens verticais de trânsito para identificação de entrada de sítio; 34 placas interpretativas para fachadas de monumentos e 19 placas interpretativas para mapas e planos.

Segundo a secretária municipal de Turismo (Setur), o objetivo da instalação de uma sinalização turística é assegurar ao viajante estrangeiro ou nacional acesso aos atrativos turísticos da cidade. “São Luís apresenta-se como destino turístico em expansão, logo precisa apresentar infraestrutura adequada para receber o turista”, enfatizou a titular da Setur, Socorro Araújo.

PLACAS

A sinalização da capital para o turista foi demandada a partir de pesquisas com visitantes da cidade e por meio de vistorias in loco da equipe técnica da Setur. A instalação atende aos parâmetros de inserção no espaço público com estrutura de planejamento bem articulada com os dispositivos legais de trânsito, critérios de preservação do patrimônio histórico e com a incorporação das políticas municipais de desenvolvimento existentes.

As bases de fixação dos equipamentos estão de acordo com o Guia Brasileiro de Sinalização Turística, com o Guia de Orientações Técnicas para aplicação de Sinalização em Patrimônio Mundial e regulados e aprovados pelos órgãos reguladores. Os equipamentos de sinalização contemplam também, quando possível, pessoas com deficiência visual, por meio de informações na linguagem Braile. Outra exigência para a confecção das placas é a aplicação das informações em duas línguas: português e inglês.

Após decisão judicial, Lidiane Leite será solta a qualquer momento

Publicado em: 9 de outubro de 2015 | por: admin

A ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, será solta a qualquer momento. O juiz José Magno Linhares Moraes, titular da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, revogou, nesta sexta-feira (9), a prisão preventiva da ex-prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva, de 25 anos, presa desde o dia 28 de setembro, no Quartel do Corpo de Bombeiros, em São Luís.

Na decisão, ele substitui a prisão por monitoramento eletrônico, com uso de tornozeleiras, e outras medidas cautelares, como não se ausentar do local de sua residência e não frequentar a sede da prefeitura.

 O advogado da ex-gestora, Sérgio Muniz, disse que não sabe precisar quando a ex-prefeita será solta, mas que está na expectativa dos trâmites judiciais para que a liberdade de Lidiane se concretize.

Lidiane Leite é apontada pela PF como membro de uma organização criminosa que pode ter desviado até R$15 milhões da Prefeitura de Bom Jardim. Fazem parte desta organização, segundo a policia, os ex-secretários do município, Beto Rocha, de Assuntos Políticos, e Antônio Cesarino, de Agricultura. Ambos foram presos na data do início da fuga de Lidiane. A ex-prefeita se entregou à polícia após ficar 39 dias foragida.

Rodoviários podem paralisar a partir da próxima terça-feira

Publicado em: 9 de outubro de 2015 | por: admin

A categoria dos rodoviários (Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário do Município de São Luís) se reuniu, na manhã desta quinta-feira, em seu sindicato, para decidir quanto a uma possível greve referente às condições de segurança dentro e fora dos coletivos da capital maranhense. De acordo com o presidente sindical da classe, Isaias Castelo Branco, a paralisação não vai acontecer, por enquanto.

assaltocoletivo

Mas, estão em estado de greve, que é uma espécie de alerta. Ele ressalta ainda que na próxima terça-feira , uma reunião será realizada para decidir quanto à instalação da greve.

“Na próxima terça-feira, dia 12, teremos uma reunião com representantes do governo, município, polícias civil e militar, bem como com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET)”, destacou.

Os rodoviários pedem que sejam intensificadas as blitz em pontos da cidade considerados violentos, assim como um reforço nas operações catraca, por exemplo.

“Nós estamos reivindicando maior segurança nos terminais, pois existe muita insegurança nestes lugares. Outra reivindicação, é a implantação de um telefone que esteja à disposição da categoria junto ao Centro Integrado de Polícia e Segurança (CIOPs). Ele seria um meio exclusivo para atender a demanda de assaltos e demais tipos de violência que venham a ocorrer dentro dos coletivos da capital”, observou o presidente sindical.

Ainda segundo as informações dadas por Isaias, a participação da Prefeitura de São Luís é quanto a infraestrutura e segurança dentro dos terminais de integração, assim como a do Governo do Estado nos pontos urbanos considerados de maior periculosidade.

“Se a categoria entender que não está sendo atendida em sua solicitação quanto à segurança, nós cumpriremos os prazos de notificar a comunidade, poder público e todos os órgãos competentes para que possamos fazer a nossa manifestação. Não será feita nenhuma paralisação, sem antes fazer a devida comunicação”, finalizou.

De O Imparcial

Por unanimidade, TCU rejeita contas do governo Dilma em 2014

Publicado em: 8 de outubro de 2015 | por: admin

Dilma-mão-na-cabeça1O Tribunal de Contas da União (TCU) emitiu parecer nesta quarta-feira a favor da rejeição das contas de governo da gestão Dilma Rousseff de 2014.

A decisão representa uma grande derrota para a presidente, pois será usada por oposicionistas na tentativa de iniciar um processo de impeachment no Congresso. No entanto, não há consenso entre juristas sobre se a rejeição das contas é suficiente para fundamentar um pedido de cassação de seu mandato.

Por 8 votos a zero, a unanimidade dos ministros entendeu que o governo cometeu irregularidades na gestão das contas federais, melhorando artificialmente o resultado do Orçamento do ano passado e evitando assim cortes de gastos em ano eleitoral.

No julgamento, o relator do caso, ministro Augusto Nardes, disse que, somadas, as operações irregularidades praticadas pelo governo melhoraram artificialmente as contas públicas de 2014 em R$106 bilhões. Ele criticou o governo por falta de transparência e disse que suas ações caracterizaram “um cenário de desgovernança fiscal”.

As tentativas do governo de adiar a sessão falharam. Antes do TCU emitir seu parecer, o pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para afastar Nardes do caso foi recusado pelos demais oito membros da corte e por decisão liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux. A AGU argumentava que Nardes é parcial, já que antecipou seu voto contra o governo em diversas entrevistas à imprensa.

Foi a primeira vez que o TCU recomendou a rejeição das contas federais desde 1937, ano em que Getúlio Vargas deu o golpe do Estado Novo. Nos últimos anos, o TCU vinha aprovando as contas do governo Dilma com ressalvas.

Do lado de fora do prédio do Tribunal de Contas, que fica perto do Congresso Nacional, manifestantes soltaram fogos de artifício para comemorar a decisão.

Após a sessão, Nardes discursou brevemente para um pequeno grupo de manifestantes, usando um megafone. O público cantou “Nardes, guerreiro do povo brasileiro”.

A Polícia Federal apontou nos últimos dias indícios de que Nardes tenha se beneficiado do esquema de corrupção do Carf (conselho que julga recursos do contribuinte contra cobranças da Receita Federal). Ele nega as acusações.

O parecer do TCU é apenas uma recomendação ao Congresso – são os parlamentares que decidirão em votação no Senado e na Câmara se rejeitam ou não as contas de 2014.