Ellen Nascimento

Blog Jornalístico

Mulher de Weverton Rocha pode processar senador que insinuou que seu marido é gay, diz STF

Publicado em: 9 de outubro de 2018 | por: admin

 

 

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta terça-feira (9) a queixa-crime apresentada contra o senador Roberto Rocha (PSDB-MA) por ele ter dito que dois políticos do PDT formam um casal.

Em dezembro do ano passado, Roberto Rocha disse no Twitter que o deputado Weverton Rocha (PDT-MA) e o presidente do PDT, Carlos Lupi, são um casal.

“Não entendo o motivo dos constantes ataques que me fazem os pedetistas, Lupi e Weverton. Logo eu que sempre torci pela felicidade do casal”, publicou o senador na rede social.

Diante do conteúdo publicado, a mulher de Weverton Rocha, Samya Rocha,  apresentou queixa-crime alegando ofensa à honra da família.

Inicialmente analisada pelo relator, Luiz Fux, a queixa-crime foi rejeitada. Para o ministro, a mulher do deputado Weverton Rocha não é parte legítima para propor a ação.

A defesa dela, então, recorreu e, nesta terça, por 3 votos a 2, os ministros da Primeira Turma decidiram dar seguimento às apurações. Com a decisão, a queixa crime será processada pelo Supremo.

Deixe seu comentário